quinta-feira, janeiro 31, 2008

Ó Português... mas quihorrô... ai, ai, ai...

O meu amigo Serafim, quem sabe incomodado com o tom do desabafo do post anterior, e como gosta de defender os desgraçadinhos... lol, ou se na mesma tónica, não percebi bem, enviou-me esta gravação do Tom Zé em 1968. Pois, para mim, apenas vem dar música ao argumento. Além do mais, só me lembra, com um misto de saudade e de raiva, um certo português que tem uma quitanda bem no Largo dos Guimarães em Santa Teresa, no Rio de Janeiro... Ah, portuga de um raio! E como eu gostava de poder deixar aqui uma foto dele e da sua quitanda... Vocês iam ver...








[Para quem tem Firefox e não vê/ouve nada aqui em cima é favor clicar aqui...]

1 comentário:

Serafim disse...

Tal como te disse no mail o facto de o quexume ser genético nem sempre é infundado. Desgarçadinhos...! Além dos cavalinhos são os "Sócrates", obrigados a fazerem as figuras que fazem e a dizer o que dizem... Abraços.