terça-feira, janeiro 01, 2008

Olímpio Ferreira, 1967-2007

Bom, é isto mesmo a vida... Ou seja, os anos passam (ainda ontem era 2007!), os minutos correm, a seiva escorre, os gatos miam, os bifes de seitan estorricam, sempre mas sempre, mas sempre, mas sempre, tudo, tudo, sempre tudo parido na mesma verdade inadiável, assombrosa, amorosa verdade, aquela que nos diz que a seguir a um instante vem outro, que a seguir a um suspiro vem uma dúvida, que após um dia bem vivido vem uma incógnita, que após uma vida vem outra... Até já Olímpio. Já não por essas vielas lisboetas, já não no rescaldo de algum preto e branco na Cinemateca, já não no fresco do Jardim da Parada, mas algures nessa certeza de que sempre, sempre, sempre algo sucede a um outro algo sucedido... A partir de hoje será noutra ficha técnica que te procurarei. Até sempre.




[outros mais sentem a tua falta; aqui, aqui, aqui, aqui, aqui e aqui]

4 comentários:

Anónimo disse...

Cruzei-me duas ou três vezes com o Olímpio e percebi tratar-se de alguém especial, de olhar atento, tímido, de alguém que preferia estar calado (nunca conversei com ele).
O desaparecimento brutal de alguém causa-nos sempre um grande choque - nunca entenderemos este lado tão cruel da vida.

jose diogo disse...

Ainda estou em choque. Não via o Olimpio há algum tempo. Mas passei com ele uma noite entre muitas de rádio, em coimbra na universidade, que nunca mais esqueci. Foram horas extraordinárias. Uma música do sergio godinho trauteada entre copos de maio à porta de um chá que era um baile. Hoje sonhei que morria e morreste tu. Disse-me a internet.

CELTA MORGANA disse...

Convivi de muito perto com o Olimpio nos anos 80, quando eramos colegas na Escola Secundária de Águeda. Fomos estudar para Coimbra no mesmo ano, mas o destino fez com que os nossos encontros fossem menos regulares. Às vezes batíamos umas conversas no Bar da AAC, com uns cruzamentos pelos corredores da Rádio Universidade. Olhávamos com nostalgia os momentos passados aos microfones da Rádio Botaréu, na companhia do Pedro Lemos. Encontrei o Olimpio, talvez em 1999 (ou 2000)em Aveiro a saír de uma Livraria. Por desconhecmento, da nossa malta de Águeda, ninguém esteve presente no seu funeral. Fica a saudade e prometida tertúlia em memória do Olimpio.

PARDAL mourisca@net.vodafone.pt

Unknown disse...

餐飲設備 製冰機 洗碗機 咖啡機 冷凍冷藏冰箱 蒸烤箱 關島婚禮 巴里島機票 彈簧床 床墊 獨立筒床墊 乳膠床墊 床墊工廠 產後護理之家 月子中心 坐月子中心 坐月子 月子餐 銀行貸款 信用貸款 個人信貸 房屋貸款 房屋轉增貸 房貸二胎 房屋二胎 銀行二胎 土地貸款 農地貸款 情趣用品 情趣用品 腳臭 長灘島 長灘島旅遊 ssd固態硬碟 外接式硬碟 記憶體 SD記憶卡 隨身碟 SD記憶卡 婚禮顧問 婚禮顧問 水晶 花蓮民宿 血糖機 血壓計 洗鼻器 熱敷墊 體脂計 化痰機 氧氣製造機 氣墊床 電動病床 ソリッドステートドライブ USB フラッシュドライブ SD シリーズ